Capa | Quem somos | Envie dicas | Contato
 
Destaques
 
kpop

K’Pop Chicken

gnsd

(Android) Vídeo: desativando o Google Now Swipe – aquele gesto a partir do Home virtual

recall

O Vingador do Futuro (1990) – O futuro de um passado não tão distante…

Todos os Sabores

Feijões de todos os sabores (aqueles do Harry Potter)

aviate

Ter uma homescreen funcional e bonita é o desafio. No Nexus 4, posso usar o launcher padrão ou o Google Now Launcher (padrão do Nexus 5) que são bastante parecidos embora o segundo traga ícones maiores, transparência no fundo da barra de notificações do topo e dos botões virtuais embaixo, e acesso rápido ao Google Now puxando a home screen para a direita.

Mas me incomoda a barra de pesquisa permanente na home que os Launchers do Google obrigam a manter, por isso uso o Nova Launcher. Além de permitir remover a tal barra, ele tem ajustes de velocidade da rolagem entre as telas da home, velocidade de abertura do drawer, pasta no drawer, tamanho dos ícones, e outras dúzias de pequenas mudanças que não tiram a identidade do Android puro, mas melhoram a experiência.

Com minha pequena obsessão por manter as coisas em ordem, com fácil acesso e visual agradável, aprendi com um print, salvo engano, do Rodrigo Ghedin, e coloquei 4 pastas diretamente na dock dividindo os aplicativos que mais uso nas categorias: Social, Google, Úteis e Jogos. Nelas coloco os aplicativos que uso na grande maioria das vezes, recorrendo com pouca frequência ao Drawer.

Screenshot_2014-03-26-21-40-59Screenshot_2014-03-26-21-41-27

Mas, já que estou aqui pra sofrer experimentar e dar as dicas pra você, resolvi analisar o launcher Aviate que está em alta justamente por sua capacidade de categorizar os apps automaticamente entre outros truques. Ainda em fase beta, é preciso um convite, mas relaxe, ao instalar basta utilizar o código MUSIC e dá tudo certo. Eis como fica a tela principal:

Screenshot_2014-03-26-22-00-43

Uma imagem quadrada no meio, duas linhas com 5 ícones em cada para acesso rápido, no topo uma barra que ao ser tocada desce alguns ícones e widgets adicionais (puxar a tela pra baixo tem o mesmo efeito). Veja:

Screenshot_2014-03-26-21-05-12

Puxando da direita, seus apps estão divididos automaticamente em categorias, e funciona extremamente bem. Existem dezenas de categorias que você pode exibir em adição, ou ocultar as que não quiser. Clicando na setinha para baixo a categoria é aberta (imagem da direita).

Screenshot_2014-03-26-21-04-14Screenshot_2014-03-26-21-04-27

Puxe mais uma vez da direita e tenha a lista de todos os apps do celular em ordem alfabética. A ideia é ir para esta lista apenas no início para puxar os aplicativos para as categorias ou para a tela principal. Uma vez categorizado, essa lista completa deve ficar esquecida:

Screenshot_2014-03-26-23-05-46

Já indo para o outro lado, puxando da esquerda, você tem as opções de painéis “Casa”, “Trabalho”, “Indo para algum lugar”, “Ouvindo” (imagem abaixo) e aparentemente é possível exibir outras como “Restaurante”. Ao trocar o painel, aqueles ícones e widgets adicionais exibidos ao puxar a tela central pra baixo mudam.

“Casa” e “Trabalho” são trocados automaticamente de acordo com sua posição de GPS (é preciso indicar uma primeira vez a localização desses lugares), o “Indo para algum lugar” entra quando o aparelho entende que você está em deslocamento, e o “Ouvindo” quando um aplicativo de música está em execução. Ainda há uma mudança automática para o modo noturno de acordo com o horário, que também tem painel próprio.

Screenshot_2014-03-26-21-04-39

O grande trunfo do Aviate então fica na sua classificação dos apps automaticamente por categoria e nos painéis adaptativos para cada situação de uso. Para quem tem uma quantidade enorme de coisas instaladas e se perde rolando telas do drawer, pode ser de grande ajuda. Eu desinstalei, afinal, meu Nova Launcher com pastas no dock já resolve isso de forma até melhor.

Experimente, é grátis, e deixe sua opinião!

(continue lendo...)

300

Gosta de filmes de ação? Sangue voando, pancadaria, lutas épicas e homens semi-nus? Ok, a última parte não é um bom convite para os cuecas de plantão, mas ignore e pense no resto: Sim, é um baita filme!

(continue lendo...)

3

O LG Nexus 4 tem o tal “carregamento indutivo wireless de tecnologia Qi”, ou seja, dá pra carregar a bateria sem precisar ligar nenhum cabo no celular. Aliás esse recurso está presente em outros 7 aparelhos (mas se informe antes de comprar algo se eles usam o Qi ou outra tecnologia).

Isso sempre me deixou curioso, mas até algum tempo atrás uma base de carregamento custava meio caro, acabei deixando de lado. Lembrei do assunto recentemente e vi que o preço baixou, resolvi comprar. Vejamos se funciona.

(continue lendo...)

ultrabook

Adoro meu ultrabook Serie 5 Samsung. Desempenho excelente, peso reduzido, belo design e nem esquenta no colo. Há cerca de um ano na família, não tenho intenção de trocá-lo tão cedo – na melhor das hipóteses trocar o dico híbrido por um SSD puro sangue, sem pressa.

Mas, e sempre tem que haver um mas, ele resolveu se autodestruir. Desde o começo a dobradiça da tela (existe um termo mais técnico?) abre com certa firmeza e ao soltar dá uma chacoalhada. Não é aquela abertura que ao soltar mantém a tela firme onde você deixou, mas ok, ~~é o jeitão dele~~ diriam uns amigos do Honda Clube quando alguém reclama do óleo baixando muito rápido, por exemplo.

Acontece que a tela foi ficando mais instável e barulhenta.

(continue lendo...)

art

O Android roda em plataforma Java e desde o início utiliza o Dalvik para interpretar os aplicativos a cada execução. Ou seja, quando o programa é aberto o sistema corre para transformar o código em algo verdadeiramente executável, o que é chamado “Compilador Just In Time”.

Para melhorar o desempenho o Google desenvolveu o ART (Android Run Time), um interpretador do tipo “Ahead of Time”, que basicamente faz o trabalho do Dalvik uma única vez, ao instalar o aplicativo. Isso significa menos processamento/mais velocidade na abertura de programas, boot mais rápido do celular e menor consumo de bateria. Do lado ruim apenas mais espaço ocupado por cada app e uma demora a mais na hora de instalá-los.

(continue lendo...)

Todos os Sabores

Todo fã de Harry Potter guarda uma pontinha de desejo de experimentar aquelas maluquices que existem nos livros/filmes – eu fiquei fã desde que li o primeiro e minha esposa também. Graças ao sucesso da franquia J.K.Rowling ficou rhyca até um parque na Disney Universal Studios foi aberto em homenagem ao bruxo, além de começarem a produzir as iguarias para os trouxas comerem.

(continue lendo...)

recall

Você não leu errado, vou falar de um filme super velho! Mas não é só pra dizer que “O Vingador do Futuro” é bom, porque eu gosto tanto que vi ele de novo hoje em Blu-Ray (é, tenho o disco em minha coleção). Estou escrevendo para falar um pouco da tecnologia, como eles imaginavam que será daqui 34 anos (o filme se passa em 2048) com a mentalidade de quem está saindo da década de 80 em meio a todos aqueles penteados bregas, permanentes e mullets. Ok, nem tem mullets, só permanetes, mas tem a moda santropeito, e tem a Sharon Stone!!!

(continue lendo...)

gnsd

Seu smartphone Android tem botões virtuais e você vive acionando o Google Now involuntariamente a partir do gesto de puxar o botão home para cima, principalmente durante jogos, correto? Você não está sozinho meu amigo, e a solução é bastante simples, veja (literalmente!)

(continue lendo...)

kpop
O K-Pop é tipo o J-Pop, ou seja, um estilo musical/de vida no Japão. Com a diferença de ser, obviamente, coreana.

E aqui no Brasil, além de ter milhares de fãs, também virou nome de lanchonete – K-Pop Chicken – Chicken & Sauce.

(continue lendo...)

limoneto

Parece picolé de limão derretido. Tire aí as suas conclusões sobre a qualidade.

(continue lendo...)
Página:12345...1020...Última »