Quem somos | Envie dicas | Contato

O Gato que Ri

Sábado foi dia de comer bem. Almoço na CEPAM (preciso fazer um review desse lugar maravilhoso que vou quase toda semana) e jantar n’O Gato que Ri. Localizado no Largo do Arouche (sim, aquele do Sai de Baixo), o restaurante – até bem famosinho na cidade – não decepciona.

O ambiente é elegante e bem bonito, mantendo detalhes mais clássicos mas no geral de linhas bastante limpas, e estamos falando de mais de 60 anos de história, algumas reformas e modernizações devem ter passado por ali, felizmente.

Bastante amplo, espaçado, e um atendimento muito bacana, com educação e bom humor, sem aquele problema de restaurantes mais antigos que parecem manter os garçons da inauguração. Apesar do movimento de sábado a noite, nenhum problema para escolher mesa ou lentidão no atendimento.

O cardápio é um deleite e um problema: são tantas opções chamativas que fica difícil escolher. Como boa cozinha italiana, não há grandes invencionismos como na francesa, por exemplo, e por isso mesmo a simples decisão entre lasanha, nhoque ou rondele pode ser uma tortura mental – além de outras alternativas, claro.

Optei por algo simples, rondele de presunto e mussarela com molho bolonhesa (embora a opção de nozes com ricota e passas chamasse a atenção). Minha esposa escolheu Carpaccio Tradicional (parmesão ralado, alcaparras e salsinha ao molho de limão e mostarda) e o casal de amigos nhoque (um ao suco e um com Iscas de filet mignon).

Posso dizer que estava muito bom, não chega a ser muito diferente do que já comi antes, mas aprovado. Experimentei o Carpaccio da esposa e este sim estava delicioso, muito porque amo alcaparras provavelmente. Os amigos optaram por nhoque, não meti o garfo no prato deles, mas as opiniões foram positivas. Ah sim, os nhoques eram realmente grandes, um só talvez desse para duas pessoas.

Ficamos umas boas 4 horas, comendo e conversando. Vale a pena conhecer!

 

Preço médio do prato: entre R$ 40 e R$ 55.
Ticket médio com bebida (não alcoólica) e sobremesa: cerca de R$ 80.
Valet: R$ 17.

facebook-profile-picture

Administrador, desenvolvedor, gamer, tecnófilo, viajante, otimista nato, calmo por natureza. Criador do eco4planet, já escreveu para o Gizmodo e Papo de Homem e participou do podcast Guia Prático, do Manual do Usuário.
Veja outros artigos por