Quem somos | Envie dicas | Contato
Categoria: Artes

background-info-on-the-insane-fire-breathing-guitar-guy-in-mad-max-fury-road

Assisti há dois dias e te digo: não escrevi antes porque precisava desexplodir minha cabeça primeiro. Sim, a sensação de WTF foi constante enquanto via o filme, e ao sair dele continuei remoendo o que tinha visto pra tentar entender alguma coisa antes que começasse a escrever.

Gosto de filme que não se explica muito, você apenas é jogado num universo paralelo maluco e tem que engolir isso. É o caso de Mad Max. Você não terá detalhes de como se chegou àquele ponto ou por que as coisas acontecem assim, por que as pessoas estão assim, apenas é.

(continue lendo...)

maxresdefault (2)

UMA BOSTA! Desculpe, mas é difícil sair do cinema sem vontade de pedir o dinheiro de volta.

Com Wagner Moura, Selton Mello e Martin Sheen (sim, pai do Charlie) no elenco, Stephen Daldry (de Billy Elliot, As Horas e O Leitor) na direção e Richard Curtis (Um lugar chamado Nothing Hill, Quatro Casamentos e um Funeral, Simplesmente Amor e Questão de Tempo) no roteiro, era de se esperar um filme ao menos mediano, mas não, é um roteiro completamente desastroso e ilógico, uma trama óbvia, caricata e falha. Eu explico.

(continue lendo...)

Eu fui para esta Gen Con, a minha primeira, tendo uma vaga noção do que ia encontrar. Alguns amigos foram em outras edições e eu já tinha visto na internet vídeos e notícias sobre este tipo de evento. Mas nem em meus sonhos mais infantis eu imaginei que seria tão divertido e tão emocionante.

Para aqueles que não sabem do que se trata, uma explicação breve: a Gen Con é uma “game convention” muito popular nos Estados Unidos. Este ano novamente bateu recorde de pessoas chegando a mais de 56 mil visitantes únicos, mais de 14 mil eventos espalhados por diversos pavilhões e hotéis durante 4 dias. Lá você encontra boardgames, jogos indie, cosplay, festas, miniaturas, oficinas de pintura, palestras, seminários. Levaria pelo menos um mês para fazer tudo. Então em 4 dias tentei focar no que eu mais queria. E essa é a primeira dica para este tipo de evento. Planejamento. Se perder no mar de gente e possibilidades é muito fácil. Separe tempo para jogar e saiba exatamente o que quer comprar.

(continue lendo...)

caddies_rice

Era por volta de 1998-99 e eu estava procurando a ROM do Road Rash, de Mega Drive, pra baixar.

Cliquei num link que veio na busca e quando fui ver, o arquivo era Road Rash.mp3. Antes mesmo de apagar (uma mp3 levava mais de 5min pra baixar naquela época) cliquei pra ouvir. E me apaixonei.

(continue lendo...)

300

Gosta de filmes de ação? Sangue voando, pancadaria, lutas épicas e homens semi-nus? Ok, a última parte não é um bom convite para os cuecas de plantão, mas ignore e pense no resto: Sim, é um baita filme!

(continue lendo...)

recall

Você não leu errado, vou falar de um filme super velho! Mas não é só pra dizer que “O Vingador do Futuro” é bom, porque eu gosto tanto que vi ele de novo hoje em Blu-Ray (é, tenho o disco em minha coleção). Estou escrevendo para falar um pouco da tecnologia, como eles imaginavam que será daqui 34 anos (o filme se passa em 2048) com a mentalidade de quem está saindo da década de 80 em meio a todos aqueles penteados bregas, permanentes e mullets. Ok, nem tem mullets, só permanetes, mas tem a moda santropeito, e tem a Sharon Stone!!!

(continue lendo...)

O-Hobbit-Desolacao-de-Smaug-Critica-04

Assistidos sem aquela atenção crítica, talvez acabe não sendo tão detalhista, mas vale a pena comentar os dois filmes vistos recentemente no cinema: O Hobbit: A Desolação de Smaug e Frankenstein: Entre Anjos e Demônios. Spoiler da opinião: ok e meh.

(continue lendo...)

helix

Assim como o João, sou viciado em séries e sempre que aparece um SciFi no meio fico LOUCO pra assistir… foi assim com Intelligence (fraca, pra não dar adjetivos impróprios para menores – vale a pena ler a opinião do João a respeito, concordo com ele), Fringe (muito bom), Lost (meio ótimo, meio bomba, meio mista, meio calabresa, no fim foi na média mas pareceu uma montanha russa variando do ótimo ao péssimo), entre outras tantas que já perdi a conta.

Helix (canal SyFy – 2014) foi uma bela surpresa, não sabia que ia ter, não sabia do plot, só o João chegou no chat e falou VOCÊ PRECISA VER ISSO! E bem, vi e fiquei LOUCO… a série promete, diria que é a mais promissora de 2014 até o momento.

(continue lendo...)
Página:12345...Última »